FBlog

06

set

Fluoxetina – como aproveitar seus benefícios sem fazer seu estômago sofrer

Fluoxetina é um medicamento que apresenta grande eficiência no combate de incômodos nervosos e psicológicos como:

  • Depressão
  • Bulimia nervosa
  • Transtorno Obsessivo-compulsivo (TOC)
  • Tensão prémenstrual (TPM)
  • Irritabilidade e disforia

Apesar dos benefícios que proporciona, a Fluoxetina também tem o potencial para trazer efeitos colaterais indesejáveis, que ocorrem quando a mesma se dissolve antes da hora pela ação dos sucos gástricos, liberando no estômago do consumidor uma série de agentes ácidos que causam dores e incômodos gastrointestinais como: vômito, diarréia, náusea, disfagia, dispepsia, alteração do paladar e dor no esôfago.

O segredo então para contar com os benefícios do medicamento é evitar que ele se dissolva precocemente no estômago. Porém, isso não é algo que simplesmente podemos controlar, não é mesmo?

Como proceder então?
Na Farmácia Manipulatta, a Fluoxetina é manipulada em cápsulas gastrorresistentes que, após ingeridas, resistem aos sucos gástricos estomacais e não dissolvem antecipadamente no estômago de quem consumi-las, evitando a liberação de agentes ácidos que causam as dores e incômodos citados acima.

Máxima eficiência com mínimos efeitos-colaterais
Consumindo o medicamento protegido pela cápsula gastrorresistente, a dissolução da Fluoxetina ocorrerá somente no local correto, o intestino – maximizando assim sua absorção pelo organismo, minimizando incômodo e proporcionado resultados mais eficientes em um menor espaço de tempo.

Categorias:Novidades



02

ago

Chá de Guaco trata a tosse, gripe e resfriados

tomando_cha

Conheça 5 motivos para tomar chá de guaco

Chá de guaco melhora sua respiração ao ajudar no combate da tosse, gripe, resfriado e muito mais. A Manipulatta apresenta os 5 principais motivos para você consumi-lo agora mesmo.

1) Poderoso antiinflamatório
O chá de guaco diminui a inflamação da garganta e a tosse, além de aliviar dores como as oriundas do reumatismo e varizes.

2) Uma grande ajuda contra doenças respiratórias
O chá de guaco é extremamente eficaz contra bronquites alérgicas e infecciosas, asmas, gripes e resfriados.

3) Respire mais e melhor
O chá possui função broncodilatadora, que expande os brônquios e permite que o ar chegue aos pulmões com mais facilidade.

4) Ajuda a eliminar impurezas
Através da sua função balsâmica e expectorante, o chá de guaco ajuda a dissolver a secreção dos pulmões e estimula a eliminação do catarro.

5) Muito fácil de preparar
Você mesmo pode preparar o chá de guaco. É rápido e descomplicado, confira:

Ingredientes
• 3g (uma colher de sopa) das folhas de guaco
• 150ml (uma xícara de chá) de água

Modo de preparo
• Esquente a água até ela ferver
• Desligue o fogo e acrescente as folhas de guaco
• Tape o recipiente e deixe o chá descansar por 15 minutos
• Coe o chá e beba

Recomendamos o consumo em xícara de chá, 3 vezes ao dia.
Se quiser, adicione uma colher de mel no chá para aumentar sua eficiência e sabor

Observações importantes
• O consumo do chá de guaco deve ser evitado por gestantes, indivíduos com cálculos biliares e mulheres com menstruação abundante (pois aumenta o fluxo)
• A ação do guaco pode interferir na coagulação sanguínea. Portanto, deve ser evitado também por pessoas que utilizam anticoagulantes
• O consumo excessivo e descontrolado do guaco por provocar vômitos e diarréia

Categorias:Novidades



18

abr

KOUBO é a maneira mais doce para sentir menos fome, queimar gorduras e emagrecer com saúde

Banner_Koubo_Post

Exercícios físicos regulares e alimentação balanceada continuam sendo os principais pilares para quem busca o corpo e peso ideal, mas se aliarmos essas práticas saudáveis com as vantagens de uma solução fitoterápica 100% natural, os resultados podem ser ainda mais satisfatórios.

Koubo: a composição certa para um emagrecimento saudável

Conhecido como a planta doce do deserto, o Koubo é um componente de emagrecimento reconhecido como uma alternativa muito mais saudável e segura do que os emagrecedores sintéticos atualmente disponíveis, que normalmente apresentam uma série de contra-indicações e efeitos colaterais físicos e psicológicos.

Totalmente natural, o Koubo se integra perfeitamente a dietas de baixas calorias e contribui para um emagrecimento mais saudável, pois é rico em fibras, proteínas, vitamina C, Omega 3, Omega 6, ácidos graxos, aminoácidos naturais, bem como outras substancias que proporcionam benefícios como:

  • Sensação prolongada de saciedade, fazendo com que a pessoa coma menos
  • Maior queima de gorduras
  • Diminuição considerável da vontade de comer doces
  • Redução do colesterol ruim (colesterol LDL) no organismo
  • Estímulo da função diurética, que faz o corpo eliminar com mais eficiência o excesso de líquidos e toxinas

Os estudos não mentem

Para comprovar a eficiência do Koubo como emagrecedor fitoterápico saudável, foi realizado um estudo onde 65 pessoas do sexo masculino e feminino integraram a substância em suas dietas, durante o período de 90 dias.

Resultado: o Koubo acelerou o emagrecimento com maior efetividade, agilizando todo o processo de redução de peso sem causar impactos à saúde dos participantes.

Dosagem

Para o alcance dos melhores resultados, recomenda-se o consumo de duas cápsulas de Koubo por dia: uma antes do almoço e outra antes do jantar.

Vale ressaltar que a substância não é recomendável para mulheres com síndrome de ovários policísticos e nem deve ser consumida por diabéticos, uma vez que existem açucares em sua composição.

Emagreça com rapidez e muita saúde. Adquira o Koubo na Farmácia Manipulatta.

Categorias:Novidades



01

mar

UCII – uma pequena dose diária que garante articulações saudáveis e flexíveis em todas as fases da vida

Diversos são os fatores que resultam no desenvolvimento de doenças articulares, tais como a obesidade, uso repetitivo das articulações durante o trabalho, traumas como choques, prática intensa de esportes e muitos outros.

Continue reading “UCII – uma pequena dose diária que garante articulações saudáveis e flexíveis em todas as fases da vida” »

16

jan

Nutrição Funcional – alimentos conforme o que o organismo de cada um precisa

Nutrição funcional é diferente das dietas tradicionais por recomendar alimentos conforme as necessidades e particularidades do organismo de uma pessoa, ou seja, todas as substâncias alimentares são escolhidas e aplicadas com base na análise do metabolismo e necessidades nutricionais específicas da pessoa, buscando assim a melhor maneira da mesma manter seu organismo saudável e equilibrado.

O que faz bem para um, talvez não seja o mais recomendado para o outro

Os seres humanos são singulares em todos os aspectos, inclusive no modo em que seus organismos funcionam. Isso significa que mesmo se dois indivíduos apresentarem altura, idade, condições físicas e níveis de stress similares, cada um deles responderá de maneira diferente diante do consumo de determinado alimento.

Essa singularidade da fisiologia entre os humanos deixa claro que é impossível uniformizar os resultados prometidos pelas dietas padronizadas. Muito pelo contrário, pode ser que um alimento que funciona como base para uma dieta saudável, seja prejudicial para determinado grupo de pessoas, podendo causar nas mesmas desequilíbrios que levam à insônia, fadiga, obesidade, diabetes, problemas de tireoide, e muitas outras condições.

Todos esses fatores fazem com que o alcance e eficiência de regimes e tratamentos alimentares generalizados sejam constantemente questionados.

Como a Nutrição funcional traz resultados mais eficientes e seguros

A Nutrição funcional atua com mais intensidade, na compreensão precisa do que o organismo do indivíduo precisa para atingir o equilíbrio metabólico e fisiológico correto. Para isso, os tipos de alimentos que farão parte da dieta de alguém, só serão definidos após uma detalhada análise das suas carências e excessos nutricionais, suas predisposições para desenvolver quadros negativos como obesidade e diabetes, suas intolerâncias a determinados alimentos e substâncias, bem como aqueles que melhor contribuirão para seu melhor estado de saúde.

10

jan

Fique atento à nova Resolução do Conselho Federal de Medicina

Através do informativo da Associação Nacional de Farmacêuticos Magistrais, confira a nova resolução do Conselho Federal de Medicina que fundamenta as novas normas e proibições frente aos tratamentos ortomoleculares e biomoleculares, além de fornecer detalhada identificação dos procedimentos médicos agora proibidos por não apresentarem comprovações científicas.

 

A Resolução 2.004/12 – publicado nesta terça-feira no Diário Oficial da União, de 11 de dezembro de 2012, Seção 1, página 143.(3)

CONSELHO FEDERAL DE MEDICINA(2)

RESOLUÇÃO Nº 2.004, DE 8 DE NOVEMRBO DE 2012

Normatiza os procedimentos diagnósticos e terapêuticos da prática ortomolecular ou

outros assemelhados, obedecendo aos postulados científicos oriundos de estudos clínico-

epidemiológicos.

O CONSELHO FEDERAL DE MEDICINA, no uso das atribuições conferidas pela Lei n° 3.268, de 30 de setembro de 1957, regulamentada pelo Decreto n° 44.045, de 19 de julho de 1958,

respectiva e posteriormente alterados pela Lei nº 11.000, de 15 de dezembro de 2004, e Decreto nº 6.821, de 14 de abril de 2009, e

CONSIDERANDO que o alvo de toda a atenção do médico é a saúde do ser humano, em benefício da qual deverá agir com o máximo de zelo e o melhor de sua capacidade profissional;

CONSIDERANDO que ao médico cabe zelar e trabalhar pelo perfeito desempenho ético da Medicina e pelo prestígio e bom conceito da profissão;

CONSIDERANDO que é dever do médico guardar absoluto respeito pela saúde e vida do ser humano, sendo-lhe vedado realizar atos não consagrados nos meios acadêmicos ou ainda não aceitos pela comunidade científica;

CONSIDERANDO que é vedado ao médico divulgar informação sobre assunto médico de forma sensacionalista, promocional ou de conteúdo inverídico;

CONSIDERANDO que é vedado ao médico usar experimentalmente qualquer tipo de terapêutica ainda não liberada para uso em nosso país, sem a devida autorização dos órgãos competentes e sem o consentimento do paciente ou de seu responsável legal, devidamente

informados da situação e das possíveis consequências;

CONSIDERANDO a crescente divulgação, entre a população, de novos métodos terapêuticos baseados no emprego de substâncias com vistas ao equilíbrio celular, e a insuficiente comprovação científica de algumas dessas propostas;

CONSIDERANDO a existência de extensa literatura científica sobre radicais livres, substâncias antioxidantes e nutrição humana;

CONSIDERANDO a dificuldade da transposição de informações originadas de dados de experimentações realizadas em animais ou em sistemas, órgãos, tecidos e células isoladas para a prática clínica diária;

CONSIDERANDO os riscos potenciais de doses inadequadas de produtos terapêuticos, tais como algumas vitaminas e certos sais minerais;

CONSIDERANDO a necessidade de definir limites de emprego, indicações e critérios científicos para a aplicação de procedimentos associados à prática ortomolecular;

CONSIDERANDO o que preceituam as Resoluções nos 196/96 e 251/97, do Conselho Nacional de Saúde, que, respectivamente, contém as diretrizes e normas regulamentadoras da pesquisa envolvendo seres humanos e dispõe sobre a pesquisa com novos fármacos, medicamentos, vacinas e testes diagnósticos;

CONSIDERANDO o teor das Portarias nos 32/98 e 40/98 da Secretaria de Vigilância Sanitária/MS, e da Resolução RDC nº 269/05 (1), da Anvisa, que estabelecem normas para níveis de dosagens diárias de vitaminas e minerais em medicamentos e a utilização diária

pelo usuário;

CONSIDERANDO o que preceitua a Resolução CFM nº 1.982/12, que dispõe sobre os critérios de protocolo e avaliação para o reconhecimento de novos procedimentos e terapias médicas pelo Conselho Federal de Medicina;

CONSIDERANDO, finalmente, o decidido na sessão plenária de 8 de novembro de 2012, resolve:

Art. 1º Os termos prática ortomolecular, biomolecular ou outros assemelhados não caracterizam especialidade médica nem área de atuação, não podendo ser anunciados de acordo com as resoluções normativas sobre a matéria.

Art. 2º A avaliação de nutrientes, vitaminas, minerais, ácidos graxos ou aminoácidos que podem, eventualmente, estar em falta ou em excesso no organismo humano, faz parte da propedêutica médica.

§ 1º A identificação de alguma das deficiências ou excessos só poderá ser atribuída a erro nutricional ou distúrbio da função digestiva após terem sido investigadas e/ou tratadas as doenças de base concomitantes.

§ 2º Os tratamentos das eventuais deficiências ou excessos devem obedecer às comprovações embasadas por evidências clínicas epidemiológicas que indiquem efeito terapêutico benéfico.

Art. 3º A reposição medicamentosa em comprovadas deficiências de vitaminas, minerais, ácidos graxos ou aminoácidos será feita de acordo com a existência de nexo causal entre a reposição de nutrientes e a meta terapêutica ou preventiva.

Art. 4º Medidas higiênicas, dietéticas e de estilo de vida não podem ser substituídas por qualquer tratamento medicamentoso, suplementos de vitaminas, sais minerais, ácidos graxos ou aminoácidos.

Art. 5º A remoção de minerais, quando em excesso, ou de minerais tóxicos, agrotóxicos, pesticidas ou aditivos alimentares será feito de acordo com os seguintes princípios:

I – o excesso de cada substância tóxica deverá ser considerado isoladamente;

II – existência, na literatura médica, de fundamentação bioquímica e fisiológica sobre o efeito deletério do excesso da substância tóxica considerada, bem como de dados que comprovem a possibilidade de correção efetiva por meio da remoção proposta;

III – além da melhoria dos parâmetros laboratoriais, deverá haver comprovação científica de utilidade clínica;

IV – o valor terapêutico da remoção de determinada substância tóxica deverá ser avaliado para cada tipo de distúrbio.

Art. 6º São destituídos de comprovação científica suficiente quanto ao benefício para o ser humano sadio ou doente, e por essa razão têm vedados o uso e divulgação no exercício da Medicina, os seguintes procedimentos, diagnósticos ou terapêuticos, que empregam:

I – para a prevenção primária e secundária, doses de vitaminas, proteínas, sais minerais e lipídios que não respeitem os limites de segurança (megadoses), de acordo com as normas nacionais e internacionais;

II – EDTA (ácido etilenodiaminotetracético) para remoção de metais tóxicos fora do contexto das intoxicações agudas e crônicas;

III – o EDTA e a procaína como terapia antienvelhecimento, anticâncer, antiarteriosclerose ou voltadas para doenças crônico-degenerativas;

IV – análise do tecido capilar fora do contexto do diagnóstico de contaminação e/ou intoxicação por metais tóxicos;

V – antioxidantes para melhorar o prognóstico de pacientes com doenças agudas;

VI – antioxidantes que interfiram no mecanismo de ação da quimioterapia e da radioterapia no tratamento de pacientes com câncer;

VII – quaisquer terapias antienvelhecimento, anticâncer, antiarteriosclerose ou voltadas para doenças crônico-degenerativas, exceto nas situações de deficiências diagnosticadas cuja reposição mostra evidências de benefícios cientificamente comprovados.

Art. 7º A indicação ou prescrição de medida terapêutica da prática ortomolecular, biomolecular ou outras assemelhadas é de exclusiva competência e responsabilidade do médico.

Art. 8º Revogam-se todas as disposições em contrário, em especial a Resolução CFM nº 1.938/10, publicada no Diário Oficial da União, Seção I, p. 161, em 5 de fevereiro de 2010.

Art. 9º Esta resolução entra em vigor na data de sua publicação.

Referência:

http://tr.delivery.whservidor.com/index.dma/DmaPreview?23491,61,7852,01ca4adfa1ba24258637a48da3918e45

Categorias:Novidades



08

jan

Antienvelhecimento – entenda o porquê da proibição

Tratamentos e medicamentos anti-aging passaram a ser condenados pelo Conselho Federal de Medicina – CFM, tanto por não apresentarem confirmações científicas que atestem seus benefícios prometidos, quanto por provocar efeitos colaterais de diferentes proporções em pessoas saudáveis.

Terminologia originada da língua inglesa, anti-aging (ou antienvelhecimento) é um nome que representa uma vertente composta por tratamentos hormonais, cosméticos e vitaminas cuja premissa é retardar, neutralizar ou até mesmo reverter o processo humano de envelhecimento. Justamente por prometerem combater aquilo que é inevitável e considerado como um dos maiores temores do ser humano, os tratamentos e medicamentos anti-aging ganharam cada vez mais adeptos: médicos que os recomendam e pacientes que os aceitam.

Contudo, o uso indiscriminado desses tratamentos e remédios pode provocar efeitos negativos em pessoas totalmente sadias, pois afetam e desregulam a atividade hormonal do organismo, criando condições para o desenvolvimento de problemas circulatórios, cardiovasculares, hipertiroidismo e muitos outros.

Além disso, a prescrição desse tipo de solução estimula maus hábitos nos pacientes, uma vez que vende a ideia de que basta o consumo de determinado medicamento para que a pessoa fique saudável e pare de envelhecer, transmitindo a errônea percepção de que não há necessidade da adoção de uma boa alimentação e atividade física para que haja mais qualidade de vida.

Diante de todos esses fatos, o Conselho Federal de Medicina passou a prever punições, tais como a cassação do registro profissional, para médicos que continuarem prescrevendo tratamentos e medicamentos anti-aging. O Conselho ainda complementou que, a despeito dos amplos avanços, a tecnologia de retardamento do envelhecimento ainda tem muito que percorrer e que a promessa do rejuvenescimento é um patamar ainda muito distante de ser alcançado.

Categorias:Novidades



28

dez

Filtro solar com base – de protetor a item indispensável da estética

Filtro solar com base é hoje sinônimo de estética e economia de tempo. Diante do cuidado contra os efeitos nocivos dos raios solares, tanto mulheres quanto homens buscam cada vez mais praticidade, dando preferência a filtros solares que:

  • Espalhem com mais facilidade sobre a pele
  • Sequem com rapidez (minimizando a sensação incômoda de pele melada)
  • Tratem e disfarcem a oleosidade
  • Entre outras coisas

Ainda falando de praticidade, são cada vez mais procurados os protetores solares que também funcionam como base, pois além de proporcionarem o bloqueio solar, dão cor e uniformizam o tom da pele do rosto.

 

Filtro solar com color base FPS 45 Oil Free da Manipulatta

Foi pensando na praticidade, beleza, proteção e necessidades atuais do consumidor, que a Manipulatta desenvolveu seu Filtro Solar Color Base – uma fórmula especial, com dispersantes e pigmentos inorgânicos siliconizados, de alta tecnologia. Confira suas vantagens:

  • FPS 45 Oil Free
  • Oculta e melhora o aspecto da pele
  • Funciona como base para maquiagens com toque leve, suave e com brilho
  • Promove a homogeneidade do tom da pele, proporcionando uma aparência saudável e bonita
  • Possui um ingrediente exclusivo que torna a pele mais aveludada, leve, seca e macia
  • Devido ao seu efeito matte, diminui a aparência oleosa da pele e acentua seu aspecto saudável.
  • Textura de mousse que se espalha com mais facilidade sobre pele
  • Disponível em versões para pele clara, morena e escura.
  • Não é tóxico e nem causa alergias

Dois produtos essenciais em uma só fórmula – economia de tempo e dinheiro

Para conseguir o mesmo nível de proteção e cuidado com a pele que o filtro solar com color base da Manipulatta oferece, o consumidor precisa adquirir:

  • Protetor solar de FPS 45 ou superior, com controlador de oleosidade
  • Base para pele de alta qualidade

Agregando as características desses dois produtos em uma única fórmula, o produto da Manipulatta proporciona ao indivíduo uma economia de dinheiro de até 50%, além de poupar-lhe muito tempo do dia, uma vez que sua aplicação elimina simultaneamente duas importantes etapas do ritual diário de cuidado com a pele.

17

dez

Complexo Emagrecedor da Manipulatta proporciona uma perda de peso nada complexa

Complexo emagrecedor da Manipulatta é mais que um remédio para emagrecer, é uma solução composta por componentes naturais, promovendo um emagrecimento completo e eficiente sem a necessidade de dietas e regimes extremos, prejudiciais à saúde e, na maioria das vezes, ineficiente.

Disponível em caixas com 60 cápsulas, o Complexo é a combinação de poderosos componentes naturais, que atuam de maneira específica, maximizando a redução saudável de peso sem prejudicar a boa nutrição do consumidor.

Componentes do Complexo Emagrecedor Manipulatta e suas respectivas funções

Cascara sagrada – regula e estimula o bom funcionamento do intestino.

Pholia negra – reduz a vontade de comer, causando mais rapidamente a sensação de saciedade. Além disso, funciona como um redutor de gordura abdominal.

Faseolamina – inibe a amilase, enzima responsável pela quebra dos carboidratos. Com sua ação, somente o essencial dos carboidratos são absorvidos pelo organismo, sendo a maioria restante eliminada nas fezes.

Cassiolamina – age de forma que não haja a excessiva quebra (e consequente absorção) de gorduras no organismo, fazendo assim com que a maioria seja também eliminada naturalmente pelo corpo.

Citrus aurantium (extrato da laranja amarga) – aumenta a taxa metabólica, permitindo que haja maior queima de calorias e gorduras, além de ampliar consideravelmente a disposição e desempenho físico.

Utilização simples para um emagrecimento rápido

A utilização do Complexo Emagrecedor Manipulatta é diária e muito simples:

  • Uma cápsula consumida uma hora antes do almoço
  • Uma cápsula uma hora antes do jantar

Seguindo essa rotina, a pessoa terá uma fome estará muito mais moderada no momento da refeição, consumindo menos comida e, consequentemente, iniciando o processo de perda de peso.

Conta-indicações

É importante ressaltar que o Complexo Emagrecedor não é recomendável para crianças, idosos, gestantes e hipertensos, uma vez que a Pholia Negra, um de seus componentes, possui cafeína e eleva a pressão arterial.

05

dez

Minoxidil – Fim da calvície e queda de cabelos disponível na Manipulatta

Minoxidil é um produto especializado no combate à queda de cabelo e prevenção da calvície, promovendo a regeneração do crescimento de fios.

Com mais de 30 anos de tradição e eficiência comprovada por especialistas do mundo inteiro, o Minoxidil apresenta resultados surpreendentes após um ano de tratamento, contudo, seus efeitos já podem ser percebidos logo nos primeiros meses de uso.

Aplicação e atuação

A aplicação do Minoxidil deve ocorrer diretamente no couro cabeludo e quando os cabelos estiverem secos. Quando absorvido, o medicamento estimula a produção de potássio nas células responsáveis pelo crescimento do cabelo, aumentando assim a eficiência de cada uma delas e, consequentemente, proporcionando resultados positivos contra a calvície e queda excessiva de cabelos, além de proporcionar o nascimento de fios mais numerosos e saudáveis.

Tratamento constante para máxima eficiência

Se deixado de ser utilizado durante um longo período, as áreas beneficiadas pelo Minoxidil poderão novamente apresentar sinais de enfraquecimento. Portanto, para maximização dos resultados e diminuição da calvície, recomendado que o tratamento seja constante.